Amazônia Eterna foi filmado em 16 semanas, divididas em três etapas de produção, no ano de 2011. A equipe foi formada por mais de 60 pessoas, entre pesquisadores, produtores, roteiristas, cinegrafistas, assistentes, entre outros.

FICHA TÉCNICA

  • Direção: Belisario Franca
  • Argumento: Maurício Magalhães e Belisario Franca
  • Produção: Maria Carneiro da Cunha
  • Roteiro: Bianca Lenti, Yan Motta e Belisario Franca
  • Produção Executiva: Mariana Vianna
  • Direção de Fotografia: Gustavo Hadba – ABC e Lula Cerri
  • Montagem: Yan Motta
  • Música Original: Armand Amar

LOCAÇÕES

Entre os cinco estados que serviram de locação para o documentário – Amazônia, Pará, Mato Grosso, Amapá e Rio de Janeiro – mais de 15 cidades foram filmadas. Os desafios de filmar na maior floresta tropical do mundo se fizeram presentes. Como a equipe já conhecia o local e foram feitas viagens de pré-produção, contratempos como a dificuldade de deslocamento, acomodações precárias e convivência com animais foram superadas.

EQUIPAMENTOS

Os 450 kg de equipamento utilizados para rodar o documentário foram dignos de um longa-metragem de ficção: três câmeras, incluindo uma subaquática, equipamentos de iluminação, maquinária e captação de som, acessórios para escalada, barracas, redes, cobertores e uma diversidade de itens complementares.

TRILHA SONORA

A trilha sonora original fica por conta do israelense Armand Amar, que foi criada de forma também orgânica ao filme, especialmente para ele. Armand já ganhou diversos prêmios em sua carreira, inclusive com a trilha de “Home – Nosso Planeta, Nossa Casa”, de Yann Arthus-Bertrand, pela The International Film Music Critics Association.

REALIZAÇÃO:
APOIO: